salg Cartier klokker

Associados

Son père, Fred Trump était un courtier true religion jeans outlet immobilier self-made qui possédait deux limousines avec chauffeur. La mère de Trump, Mary, était un immigrant écossais dont le père avait été un pêcheur. Il était une maison stricte où assermentation a été interdit. En dépit de leur richesse,canada goose sverige tous les enfants Trump ont été obligés de faire leur propre argent à travers des séries de papier et des emplois d'été.Shop Nike Serie - The Lastest Shoes Online Sale Donald était un enfant rebelle - à l'école primaire, il a frappé un enseignant "parce que je ne pense pas qu'il ne savait rien à propos de la musique."

SALA DE IMPRENSA

Notícias

A INOVAÇÃO FORA DO EIXO!

A INOVAÇÃO FORA DO EIXO!

Publicado em 28 de março de 2018


Paulo Renato Macedo Cabral
Sócio Fundador do Instituto Inovação, Diretor TroposLab, Sócio Inventta, Sócio e Conselheiro Inseed Investimentos.


5 CIDADES, “LONGE DEMAIS DAS CAPITAIS” QUE SÃO REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO.


Trabalhar, criar e executar a inovação em grandes cidades, como São Paulo ou Belo Horizonte, já não é tão complexo como nos anos 90. Em grande parte das Capitais do Brasil, existe um ambiente favorável ou infraestrutura, mesmo que mínima, para que o empreendedorismo inovador aconteça, mas e no interior? Seria possível criar ações e programas relevantes de inovação em cidades de menor porte? Ou que estariam “longe demais das capitais”? Eu digo que sim! Neste artigo cito 5 cidades que eu já estive e na maioria destas tive a oportunidade de executar trabalhos. Espero que você goste e caso trabalhe com o empreendedorismo inovador, recomendo visitar estes locais.

1 – Santa Rita do Sapucaí – Minas Gerais
Santa Rita como é carinhosamente chamada a cidade, possui 43mil habitantes, está localizada no Sul de Minas, está distante 415Km da Capital Belo Horizonte. Quando você chega na cidade, a primeira impressão é como um Clichê do interior de Minas, uma praça com a Igreja Matriz, crianças brincando, senhoras colocando a conversa em dia, pessoas andando a cavalo, casas antigas, tudo bem cuidado, principalmente as lavouras de Café plantadas ao sopé dos morros da cidade. Escondidas entre estas mineirices estão mais de 200 empresas de tecnologia, a grande maioria da área de Eletrônica e tecnologia da informação. Chega a ser inacreditável. Tudo começou com a criação de uma escola de eletrônica na cidade nos anos 60, antes disto a economia local era baseada no Café, Milho e no Leite, Sinhá Moreira (por favor, cineastas e roteiristas alguém tem de fazer um filme sobre a história dela) uma mulher de garra empreendedora, visitou vários países do mundo e implantou uma escola de eletrônica na cidade - a ETE. Da Escola de Eletrônica veio o Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel - e a partir destes dois centros de conhecimento e com o apoio ao empreendedorismo dezenas de empresas começaram a nascer. Os dados de 2016 indicam que somadas as empresas da Cidade, faturaram mais de R$ 3,2 bilhões, e exportaram para 30 países.

2 - Campo Mourão – Paraná
Distante 453Km de Curitiba e com 94mil habitantes, Campo Mourão é um reflexo das cidades do Interior do Paraná, bem planejada, limpa, com várias agroindústrias e, no seu entorno, plantações a perder de vista de soja e trigo. Em meio ao desenvolvimento agrícola da Cidade nasceu a Fundação Educere de Pesquisa e Desenvolvimento. Tudo começou através da empresa Cristófoli que começou a produzir equipamentos médicos e odontológicos na cidade. Com o crescimento da empresa foi necessário formar pessoas nas áreas de eletrônica e software, com isto um grupo de empreendedores liderados pelo empresário Ater Carlos Cristófoli, criou a fundação para dar oportunidade aos Jovens da cidade de uma formação diferenciada. Desta química entre empresários pragmáticos, centro de ensino e desenvolvimento, ambiente criativo e inovador, estímulo ao empreendedorismo e jovens talentos, nasceram várias empresas de tecnologia. Esta química está descrita na Missão da Fundação. Descobrir e potencializar novos talentos para uma ação desenvolvedora e empreendedora. Atualmente as empresas de tecnologia de Campo Mourão vendem seus produtos para todo o Brasil e exportam para a América Latina.

3 – Campina Grande – Paraíba
Campina Grande é mais conhecida como a Cidade que tem a Maior festa de São João do Mundo, mas além da Festa e do Forró, Campina Grande tem um dos maiores polos de tecnologia do Brasil. A Cidade de 410 mil habitantes, está distante 136Km da Capital João Pessoa. Campina Grande possui cerca de 30 faculdades e universidades, sendo 3 deles públicos, é uma das cidades com o maior índice de doutores por habitante do Brasil. Tudo começou com a criação do Campus da Universidade Federal na Cidade, hoje o Campus da UFCG, o Reitor Lynaldo Cavalcanti de Albuquerque, um grande visionário, persistiu e comprou para a universidade o primeiro computador do nordeste, um mainframe IBM de US$ 500mil. Deste feito, uma geração de professores e alunos foi influenciada e educada para o desenvolvimento de sistemas tornando a cidade referência na computação, anos depois foi criada a Fundação Parque Tecnológico de Campina Grande um dos primeiros parques do Brasil e recentemente vários programas e ações de estímulo ao empreendedorismo, como resultado as centenas de estudantes formados todos os anos nas instituições de ensino da cidade, partem para a criação de softwares, aplicativos e diversos sistemas contratados sob encomenda de grandes empresas. Até o início do Século passado a economia da Cidade era baseada no Algodão, atualmente a tecnologia e o ensino representam mais de 40% da riqueza gerada na cidade.

4 – São Carlos – São Paulo
Com 250mil habitantes São Carlos está a 231Km de São Paulo. A cidade é conhecida como a Capital Nacional da Tecnologia. Na cidade estão então instaladas muitas empresas de Alta Tecnologia e também centros de Pesquisa e Conhecimento que foram os geradores destas empresas. Para que vocês tenham uma ideia da potência tecnológica, a cidade conta com um Campus da USP e também da Universidade Federal de São Carlos, além do Instituto Federal de São Paulo e de uma Unidade da Embrapa focada em instrumentação. Em 1984 foi criado o Parque Tecnológico de São Carlos e junto dele um forte processo de Incubação de Empresas para dar vazão a todo o potencial dos mestres e doutores da cidade. Recentemente foi criado o Parque Eco Tecnológico Damha, um novo conceito onde as pessoas podem morar e trabalhar no mesmo local. São Carlos é uma cidade com um grande número de doutores, mestres e engenheiros e, como consequência, empresas de alta tecnologia, são mais de 200 empresas instaladas na cidade ou dentro dos parques tecnológicos. Vale a pena conhecer as empresas de São Carlos, muitas delas nas áreas de novos materiais, óptica, eletrônica e equipamentos de alta tecnologia, uma visita também aos laboratórios da UFSCAR e USP também são impressionantes. Muita das pesquisas desenvolvidas nas áreas de Física, Química e Engenharia de Materiais tem relevância e reconhecimento mundial.

5 – Joinville – Santa Catarina
Distante a 178Km da Capital Florianópolis e com 577 mil habitantes, Joinville é aquela cidade quando você chega, já sente vontade de ficar por lá. Com porte de cidade grande, mas com características das cidades do interior, a modernidade de alguns edifícios contrastam com construções antigas ainda da época do início da colonização germânica. Joinville é a cidade mais industrial de Santa Catarina e além de contar com a presença de grandes indústrias, possui um Polo tecnológico muito denso. Para que tenhamos ideia foi na cidade que nasceram gigantes do Software como a Datasul e a Logocenter, ambas compradas posteriormente pela TOTVS. Além de um grande dinamismo empresarial a cidade possui centros de Ensino e Pesquisa referência, como o Instituto Federal de Santa Catarina, a Universidade do Estado de Santa Catarina, a Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Universitário - Católica de Santa Catarina, Universidade da Região de Joinville, todas estas geradoras de recursos humanas de alta qualificação na cidade. Dezenas de Startups nascem todos os anos em Joinville, fruto dos ambientes de inovação muito bem estruturados como a Incubadora de Software Softville e o Inovaparq, o próximo grande marco na cidade será o Ágora Tech Park que irá abrigar as empresas de tecnologia da região.

www.linkedin.com/pulse/inovação-fora-do-eixo-paulo-renato-macedo-cabral

Voltar ao topo Agenda, Notícias e Eventos Parceiros, Editais e Documentario